Autobiografias

Durante o curso fizemos algumas atividades baseadas em nossas histórias de vida. A seguir publicamos as autobiografias que escrevemos:

TURMA 2014 – segundo semestre

AHMAD

Meu nome é Ahmad e eu sou da Síria. Eu sou estudante, tenho 10 anos. Eu falo árabe. Eu sou muçulmano e estou no Brasil com minha família há três meses.

FRANKLYN

Eu sou Franklyn, tenho 33 anos e sou nigeriano. Eu estou no Brasil há seis meses. Eu sou matemático e estatístico. Eu falo inglês e igbo (língua de minha tribo na Nigéria). Eu sou solteiro e também sou católico. Moro na Cidade Tiradentes, em São Paulo.

KOOH

Meu nome é Chikaobih e meu apelido é Kooh. Eu sou da Nigéria e tenho 51 anos. Eu sou vendedor de roupas e sapatos. Eu também crio galinhas. Eu sou casado, católico e moro no Jardim Etelvina. Eu estou no Brasil há dois meses.

LAMIA

Eu sou Lamia e tenho dezoito anos. Eu sou da Síria e sou estudante universitária. Eu falo árabe e um pouco de inglês. Eu sou solteira e muçulmana. Estou no Brasil há três meses. Moro no bairro de Santana.

LINA

Meu nome é Lina e eu sou da Síria. Eu tenho 26 anos e sou farmacêutica assistente. Eu falo árabe e um pouco de inglês. Eu sou solteira. Sou muçulmana e estou no Brasil há três meses.

MICHEAL

meu nome é Micheal e eu sou nigeriano. Eu tenho 26 anos e sou estudante. Sou solteiro, falo inglês e sou católico.  Moro em Santo André.

RASHED

Eu sou Rashed. Sou sírio e tenho 55 anos. Eu sou engenheiro de computação, falo árabe e inglês. Eu sou casado com Sabrin. Sou muçulmano e estou no Brasil com minha família há três meses.

SABRIN

Eu sou Sabrin, sou síria e tenho 50 anos. Eu sou farmacêutica. Eu sou casada, falo árabe e sou muçulmana. Eu moro em Santana há três meses.

……………………………………

TURMA 2014 – primeiro semestre

CHIMEZIE

Meu nome é Chimezie e eu sou nigeriano. Eu tenho 40 anos e não tenho filhos. Eu vim sozinho ao Brasil. Eu estou no aqui há um ano e oito meses, e não estou trabalhando atualmente. Eu estou morando na Penha. Sou professor de literatura. Eu vim para o Brasil porque no meu país tem um grupo militante islâmico que está bombardeando os cristãos. Eu não acho que estava seguro no meu país, então eu vim para o Brasil.

DAVID

Meu nome é David e eu sou nigeriano. Eu tenho 38 anos e eu sou solteiro. Eu vim para o Brasil sozinho e estou aqui há seis meses. Eu sou administrador e estou morando na Penha. Eu vim para o Brasil porque tem um grupo terrorista em particular no norte da Nigéria chamado Boko Haram. Eles são um grupo militante islâmico. Eles estão lutando pela imposição de um estado islâmico em toda Nigéria. Eles atacam delegacias de polícia, bases militares, igrejas e casas de pessoas. Cerca de cem mil pessoas morreram de 2009 a 2014.

EDDYNICE

Meu nome é Eddynice e eu sou da Nigéria. Eu tenho 41 anos e sou casado. Eu tenho três filhos. Meu filho tem 10 anos e minhas filhas têm 3 e 5 anos. Eu vim sozinho. Eu estou no Brasil há dez meses. Eu sou comerciante e estou morando perto da Avenida Paulista. Eu gosto muito do Brasil.

FARAJ

Meu nome é Faraj e eu sou sírio. Eu tenho 47 anos, sou casado e tenho duas filhas. Elas têm 18 e 19 anos. Eu vim com minha esposa Mayada e minhas filhas. Eu estou no Brasil há seis meses e estou morando no Ipiranga. Eu sou protético e vim para o Brasil porque meu país está em guerra.

KEN

Meu nome é Ken e eu sou nigeriano. Eu tenho 36 anos. Eu sou casado e tenho três filhos, mas eu vim sozinho. Eu estou no Brasil há três meses. Eu sou professor e pastor. Eu vim para o Brasil porque tem muitos problemas em meu país.

MAYADA

Meu nome é Mayada e eu sou síria. Eu tenho 53 anos, eu sou casada e eu tenho duas filhas, Sally e Yara. Elas têm 18 e 19 anos. Eu vim com meu marido e minhas filhas. Eu estou no Brasil há seis meses e estou morando no Ipiranga. Eu sou professora de língua francesa e eu vim para o Brasil porque meu país está em guerra.

SHYBANNI

Meu nome é Shybanni, eu sou nigeriano e tenho 30 anos. Eu sou solteiro e não tenho filhos. Eu vim sozinho. Eu estou no Brasil há quatro meses. Eu jogo bola e estou morando no Ipiranga. Eu vim ao Brasil por causa de um problema.

STANLEY

Meu nome é Stanley e sou nigeriano. Eu tenho 23 anos e eu sou solteiro. Não tenho filhos. Eu vim sozinho para o Brasil há quatro meses. Eu ainda sou estudante e agora estou morando perto da estação de metrô República. Eu vim para o Brasil porque eu tenho um problema no meu país.

……………………………………

TURMA 2013

WILFRED

Eu sou Wilfred. Eu sou nigeriano. Eu tenho trinta e um anos. Eu vim há 4 meses. Eu tenho Ensino Fundamental Completo, ensino médio e universidade. Eu trabalhei em uma Importadora e Exportadora de roupas. Eu moro em São Paulo na Casa Verde. Não sou casado, não tenho filhos. Eu estou procurando trabalho. Não tenho trabalho agora. Eu vim para o Brasil sozinho. Eu penso que o Brasil é legal porque eu gosto da economia do Brasil.

ALHAJI

Meu nome é Alhaji. Meu país é a Serra Leoa. Eu tenho 20 anos. Eu vivo no Brasil há três meses.

LAWRENCE

Meu nome é Lawrence. Meu país é Gana. Eu tenho vinte e nove anos. Eu estou há três meses no Brasil. Estudei Engenharia Elétrica e Eletrônica. Eu completei a universidade. Eu moro na Mooca. Eu sou solteiro. Eu tenho um filho. Eu não tenho um emprego agora. Eu estou à procura de trabalho. Eu acho que viver no Brasil é difícil.

LUCKY

Meu nome é Lucky, eu sou nigeriano. Tenho cinquenta e sete anos de idade. Estou há dois anos e seis meses no Brasil. Eu estudei Negócios Comerciais. Eu trabalhei na Linha Marítima Nacional Nigeriana, no Estado de Lagos, trabalhei no Estádio Nacional de Lagos. Trabalhei também na empresa Niger Vidros e como chefe de uma transportadora. Eu moro no Centro de São Paulo. Eu sou casado. Eu tenho 5 filhos. Não trabalho agora. Eu estou procurando trabalho. Eu vim para o Brasil para procurar asilo.

ODINAKA

Meu nome é Odinaka. Meu país é a Nigéria. Eu tenho 30 anos. Eu estou há seis meses no Brasil.

 SUNDAY

Meu nome é Sunday, sou o segundo filho de meu pai. Meu país é a Nigéria. Eu tenho quarenta e um anos. Eu vivo no Brasil há seis meses. Eu sou estudante. Eu vivo no Centro de São Paulo. Eu sou solteiro. Eu estou buscando trabalho agora. Eu gosto da cultura do Brasil. Eu não tenho filhos. Eu sou um cara simples, gentil, eu gosto de pessoas que são honestas. Eu adoro fazer amigos e ouvir música cristã e notícias. Eu odeio pessoas que traem a confiança dos outros. Eu amo minha família e amigos que são confiáveis.

 SAMBA

Meu nome é Samba. Meu país é a Serra Leoa. Eu tenho vinte e dois anos. Eu vivo no Brasil há dois meses. Eu moro na Mooca, São Paulo. Eu não sou casado. Não tenho filhos. Eu não estou trabalhando. Eu estou procurando trabalho. Eu vim para o Brasil porque eu gosto do Brasil. Eu penso sobre o Brasil tantas coisas boas que eu não consigo explicar.

EMMANUEL

Meu nome é Emmanuel, meu país é a Nigéria. Eu tenho vinte e seis anos. Eu vivo no Brasil há três meses. Eu estudei Banco e Finanças na Universidade, eu não completei. Eu jogava futebol. Eu moro na Mooca, São Paulo. Eu sou solteiro e não tenho filhos. Eu não estou trabalhando agora. Eu estou procurando trabalho. Eu gosto do futebol do Brasil.

VIMAL

Meu nome é Vimal. Meu país é o Sri Lanka. Eu vim há cinco meses. Eu tenho trinta e cinco anos. Tenho ensino fundamental completo e ensino técnico em instalação de canalizações. Eu trabalhei como técnico no Catar e na Arábia Saudita. Eu moro em São Paulo no bairro Princesa. Eu sou casado, não tenho filhos. Eu estou procurando trabalho. Eu vim para o Brasil morar com minha mulher. Eu penso que o Brasil é muito bom, mas o português é muito difícil.

MARION

Meu nome é Marion. Meu país é a Libéria, eu sou liberiana. Eu tenho 39 anos. Eu vivo há 5 meses no Brasil. Eu estudei na Libéria. Em 1991 eu estava no 2º grau, porque havia guerra eu fui para Republica de Guiné como refugiada. Em Guiné eu completei minha escola, em 1993. Em 1994 eu comecei a trabalhar como professora até janeiro de 2008. Eu comecei a trabalhar com o cargo de Cabeleireira no período de dezembro de 2006 a fevereiro de 2013. Depois eu vim de avião para o Brasil. Agora eu moro na Bela Vista, São Paulo. Eu sou casada. Eu tenho 3 filhos. Eu estou procurando trabalho. Eu não estou trabalhando. Eu penso que viver no Brasil é difícil porque a língua é difícil e o salário é pequeno.

……………………………………

TURMA 2012

CARINE BONIOR

Carine Bonior nasceu em 02 de janeiro de 1982, no Congo, no estado de Kinshasa. Eu fiz o último ano mas ainda não fui na Universidade. Eu trabalhei no meu país em uma empresa de celular como agente de marketing. Eu nasci em uma família de 9 pessoas, sou a sexta filha. Saí do meu país por problema de eleições. Cheguei no Brasil dia 04 de junho, estou há 5 meses. Estou aprendendo a língua portuguesa, ainda não estou trabalhando.

SAMMUEL LOTANNA

Eu me chamo Lotanna Samuel Ifediora. Sou nigeriano e nasci em Nnevi, local no Sudoeste da Nigéria. Sou o único filho de Samuel Ekejindu Ifediora. Fui na escola chamada Dkongwu Memorial Grammar School em Nnevi. Depois fui trabalhar em Kano State, região Norte, até eu ter problema tribal e ir pro Brasil em 2011. Agora eu sou filho do Brasil porque sou refugiado e procuro trabalho.

GORAME NDIAYE

Me chamo Gorame Ndiaye. Eu nasci em Keur Mbir Udas (Thies, Senegal), dia 24 de junho de 1986. Eu sou da família Ndiaye, filho de El. H. Mor e Yacine Ndiaye. Eles estão vivos. Eu tenho também dois irmãos. Nós somos muçulmanos. Eu tenho ensino médio completo na língua francesa. Estudei no Senegal, no Lycée Thiaroye Gare. Meus fatos importantes da infância era ir pra escola e depois trabalhei como vendedor em loja. Mas eu viajei ao Brasil há 7 meses, vim em avião e gosto muito do Brasil.

KHADIM FALL

Meu nome é Khadim Fall, tenho 34 anos. Eu sou do Senegal, fiz escola árabe. Fui fazendeiro no Senegal. Tenho dois filhos lá. Gosto do Brasil porque o Brasil é o melhor do mundo.

MBAYE BA

Meu nome é Mbaye Ba. Nasci em Diourbel, Senegal, dia 02/06/1983. sou da família de Ba. Meu pai Abdou Ba, minha mãe Awa Ly, eles estão vivos. Tenho 2 irmãos, estudei em Diourbel, fui jogador de futebol. Vendi minha loja antes de ir pro Brasil. Cheguei no Brasil há 7 meses.

EDGARDO FIRPO

Meu nome é Edgardo Gustavo Ruben Firpo e meus apelidos são Pepe, Fuser e Ed. Nasci em La Plata, mas morei em Gualeguay, de onde é minha família. O primeiro grau fiz em Berazategui, Buenos Aires. O segundo grau fiz em Neuquén, capital. A universidade era a Universidad Nacional del Comahue, em Neuquén, onde estudei sociologia mas não terminei. Minha mãe Dora faleceu quando eu tinha 8 anos e eu não falava com meu pai, que já faleceu, depois fui morar com minha tia. Morei em várias cidades: Neuquén, San Martín de los Andes, Bariloche, Ushuaia, El Calafate, Buenos Aires, Gualeguay, Plottier, todas na Argentina. No Brasil morei em Aracaju, Salvador, Florianópolis, Arraial D’Ajuda, Paraty e agora em São Paulo. Trabalhei com várias profissões. Faz 4 anos que moro no Brasil, vim conhecer um pouco a cultura e o idioma.

ANERY DUCATEL

Meu nome é Anéry e meu sobrenome é Isacré Ducatel. Eu nasci em 1982, na República do Haiti. Sou haitiano, aqui sou estrangeiro. Tenho 3 irmãos. Estudei no Lycée National Philippe Guerrriero, na segunda cidade do Haiti. Depois fiz ume studo na República Dominicana, estudo superior como na Universidade de agronomia. Sou casado com Piercilia Isenor, eu tenho dois filhos, sou católico, eu tenho uma família de cristãos. Fiz viagens a República Dominicana e Brasil, no aeroporto de São Paulo. Moro na Avenida Sapopemba e gosto muito da democracia. Tenho muitos amigos brasileiros, africanos e haitianos. Gosto muito de música, sou apaixonado pelo futebol do Brasil. Eu trabalhei como diretor em uma empresa de loteria. Moro no Brasil há 3 meses.

JOSÉ BOLAYENGE MPELA

Nasci na República Democrática do Congo Kinshasa, filho do Sr. Albert Bolayenge Basambi e da Sra. Filomena Ndorbo. Nasci no dia 18/03/1966, em Kinshasa. Em uma família de 46 filhos, comecei a minha vida em Kin, como todas as pessoas, depois entrei nas forças armadas do nosso país em 1987, até a saída do presidente Mubutu, quando comecei a fazer vida civil sozinho na província de Equateur. Depois o presidente Kabila chegou e chamou todos ex militares que estavam no país pra voltar pras forças armadas. Voltei e comecei a trabalhar com o presidente Kabila. Na vida militar eu tinha uma boa vida. Solteiro, só com minha arma, imagina. Fui chefe de uma unidade e comandei 152 militares. Na morte do presidente Kabila, Joseph entrou e tomou o poder, no lugar de LDK, e começou mais o meu sofrimento. Saí do meu país sozinho para viver aqui no Brasil, sem família, que é uma dor que eu tenho na minha vida, bastante sofrimento. Já depois de muitos anos perdi a conta com dinheiro, perdi a conta da minha família, perdi a maioria das relações que eu tinha.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s